google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440
 

Rubiataba-Mozarlândia

Diocese de

"Estou próximo" - Mensagem de Dom Agamenilton



DIOCESE DE RUBIATABA-MOZARLÂNDIA


Dom Francisco Agamenilton Damascena

Bispo Diocesano


Queridos diocesanos de Rubiataba-Mozarlândia, paz e bem!


Temos passado dias difíceis por causa da pandemia. Sei de você doente em um hospital ou em casa. Sei de você que chora o parente ou o amigo falecido. Sei de você angustiado em busca de vaga hospitalar para alguém amado. Sei de sua ansiedade porque não sabe como será o amanhã, como estará de saúde e se terá o que comer. Sei da grandeza e caridade dos profissionais da saúde. Conheço a grave responsabilidade que pesa sob os gestores públicos empenhados por dias melhores em tempo de calamidade. Sei também da repugnante politização da pandemia, um obstáculo para que a saúde se difunda entre nós.


Acompanho com minha oração cada um de vocês. Quero lhe dizer que lhe estou próximo, principalmente por meio da Santa Missa.


Como viver estes dias? Lembro-me de uma senhora com câncer. Em seu leito ela tinha sempre um crucifixo. Sempre que as dores aumentavam ela segurava com mais força aquele crucifixo. Façamos assim: agarremo-nos a Jesus crucificado, pois “se com Cristo nós morremos, com ele viveremos” (Rm 6,8), se com ele nós sofremos, com ele venceremos. Unidos a Cristo crucificado, passemos estes dias penitenciais de provação rezando e praticando a fraternidade: proteja-se e proteja os outros das doenças, siga as orientações dos órgãos da saúde, não aumente a confusão no enfrentamento à pandemia divulgando notícias falsas ou achismos, seja solidário dando pão a quem tem fome ou consolando aquele que chora.


Às autoridades do Estado e das indústrias farmacêuticas, exigimos vacina contra covid o quanto antes e para todos, especialmente para os mais vulneráveis e necessitados do Planeta, porque somos pessoas humanas, todos irmãos, com uma dignidade inigualável, imagem e semelhança de Deus.

Querido diocesano, encorajo-lhe a viver na fé cada dia e esperar o amanhã. Deus lhe ama, lhe conforta, lhe consola e lhe fortalece. Nossa Senhora da Glória e São José nos acompanham neste caminho.

Termino com a palavra de Jesus: “No mundo tereis tribulações, mas tende coragem: eu venci o mundo!” (Jo 16, 32-33).


Oremos.

Deus todo-poderoso e misericordioso,

olhai para a nossa dolorosa condição:

confortai os vossos filhos e abri o nosso coração à esperança,

para sentirmos no meio de nós

a vossa presença de Pai.

Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus,

e vive e reina convosco, na unidade do Espírito Santo,

por todos os séculos dos séculos.

R. Amém.