google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440
 

Rubiataba-Mozarlândia

Diocese de

Diocese completa 42 anos de Instalação Canônica

Neste sábado, 16 de outubro, a Diocese de Rubiataba-Mozarlândia completa 42 anos de sua instalação. Essa história começa no ano de 1966 com a criação da Prelazia de Rubiataba.


Vamos conhecer um pouco mais da história da nossa Diocese?

Uma história do amor de Deus por nós


A Prelazia de Rubiataba (11/10/1966 – 16/10/1979) é um dos primeiros frutos do Concílio Vaticano II que sinalizou um novo dinamismo para a Igreja de Nosso Senhor Jesus e a impulsionou a enfrentar os desafios, as mudanças e exigências dos tempos modernos. O Papa Paulo VI criou, aos 11/10/1966 algumas dioceses e prelazias no interior do Estado de Goiás (então Goiás e Tocantins), dentre elas a Prelazia de Rubiataba, com a Bula Pontifícia De animorum utilitate.

Para a implantação da Prelazia o Papa convocou e enviou a Congregação do Santíssimo Redentor e nomeou seu primeiro bispo prelado o superior vice-provincial da Vice-Província Redentorista de Brasília, Pe. Juvenal Roriz, goiano da Cidade de Goiás.

​Aos 25/11/1979 a Igreja nos enviou o nosso segundo Bispo, o redentorista Pe. José Carlos de Oliveira, então superior provincial da Província Redentorista de São Paulo. Naquele mesmo ano de 1979, a 18 de abril, pelo Decreto Cum Urbis vulgo Mozarlândia, a Santa Sé alterou nossa configuração de Prelazia de Rubiataba para Prelazia de Rubiataba–Mozarlândia, dotando nossa Igreja de uma segunda sede em Mozarlândia e elevando a Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Mozarlândia, ao status de Concatedral. Aos 16/10/1979, pela Bula Cum Praelatura, do Papa João Paulo II a Prelazia foi elevada a Diocese de Rubiataba-Mozarlândia.


Aos 17/05/2008 é sagrado o terceiro Bispo da diocese, Dom Adair José Guimarães, sacerdote do clero da Diocese de Uruaçu-GO. Dom Adair José Guimarães escolheu como lema do seu espiscopado “Fiat voluntas tua”: “Faça-se a tua vontade” e, com seu carisma vem se dedicando à preservação e manutenção dos recursos humanos espirituais e materiais herdados, à formação continuada dos sacerdotes, religiosas e agentes leigos, à formação de novos padres e à estruturação canônica da diocese.

No dia 23 de novembro de 2020, em cumprimento a Palavra de Deus "dar-vos-ei pastores segundo meu coração", é nomeado o Pe. Francisco Agamenilton Damascena, do clero da Diocese de Uruaçu como 4º bispo. Tendo sido ordenado no dia 06 de dezembro, tomou posse a 19 de dezembro e escolheu como lema "Para que todos tenham vida" Jo 10,10.


Texto: Padre Joaquim José Neto.

Complemento: Padre Renato Oliveira

Tags: