google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440

Rubiataba-Mozarlândia

Diocese de

A fé no Ressuscitado é nosso alento e fortaleza. Mensagem do Bispo Diocesano


“Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos para alcançar as coisas do alto, onde está Cristo, sentado à direita de Deus; aspirai às coisas celestes e não às coisas terrestres” (Colossenses 3, 1).


Irmãos e irmãs, Feliz Páscoa!

Com muita alegria e gratidão desejo a todos os melhores votos de uma abençoada e Santa Páscoa. Celebremos com alegria este tempo maravilhosa, carregado de sentido e de enaltecimento da nossa fé cristã católica.

Abraço com imensa gratidão e estima os sacerdotes, as religiosas, as pessoas consagradas, as lideranças leigas, os seminaristas e o Povo de Deus desta nossa amada Igreja Diocesana. Neste ano dos leigos e leigas, agradecemos imensamente pela vida dos fiéis batizados que tornam Cristo presente no mundo através do seu vigoroso testemunho e fé.

Igualmente somos gratos a tantas pessoas de nosso imenso País e de outros que nos ajudam com suas orações, amizade e contribuição. Que este tempo de vitória e alegria pascal alcance os corações de todos. Somos a Igreja do Senhor que caminha para a Páscoa definitiva.

Não há necessidade de grandes análises para percebermos o tamanho da crise humana, social, institucional e eclesial que passamos no Brasil. Somente a força restauradora do Ressuscitado para nos fortalecer na esperança por dias melhores.

A fé é crer no que não se vê (Hb 10,1). Exatamente o que não se vê é o essencial que não podemos desconsiderar. A nação brasileira tem virado às costas a Deus e, assim, abandonando o essencial, chafurdando cada vez mais numa crise de valores e de respeito à pessoa humana e à família natural. Notamos o crescimento vertiginoso da violência e da divisão dos brasileiros entre si. Neste contexto preocupante a vida humana passa a ser desconsiderada desde sua concepção até ao seu declínio natural.

Faltando a fé, perde-se o remorso e esbulha-se a consciência do valor absoluto do bem. Carente dos valores, a sociedade abre-se à corrupção, um vírus letal contra o progresso dos povos e da dignidade da pessoa humana, que adentra os pórticos das instituições da Republica e da própria Igreja. A corrupção assassina a esperança e embrutece as pessoas.

Diante de tamanhos desafios, a fé no Ressuscitado é o alento e a fortaleza para os que desejam a salvação e continuam a fazer o bem e a promoverem a paz e o respeito à pessoa humana. Este deve ser o propósito determinado de nossa Igreja Diocesana: promover a adesão à fé e a vivência coerente da mesma em favor de uma sociedade verdadeiramente libertada por Cristo (Jo 8,32). A exemplo de Maria Madalena saiamos pelos campos e pelas cidades anunciando a única verdade capaz de nos fazer livres e felizes: “Ele ressuscitou, está vivo no meio de nós”

Que a Luz do Cristo e Senhor resplandeça em todos os trabalhos de evangelização, catequese e pastoral na nossa Diocese, alcançando os lares das famílias e fortalecendo os vínculos do verdadeiro amor que vem do batismo e da entrega sem medidas ao Cordeiro de Deus, Jesus Cristo, nossa Páscoa.

Um abraço especial aos neófitos – os novos na fé - que percorrendo sistematicamente o caminho da iniciação à vida cristã, nasceram na noite da Vigília Pascal para Deus e sua Igreja através do Batismo e se alimentaram da Sagrada Eucaristia. Sejam fortes e vençam as tentações do mundo!

Feliz Páscoa a todos! Em meio às trevas deste tempo, pelo dom da nossa fé, façamos resplandecer a Luz do Ressuscitado. Deus abençoe a todos, rica e abundantemente.


Dom Adair José Guimarães Bispo Diocesano

Arquivo
Tags

© 2014 por PASCOM RuMo. Resiolli/WIX.com

Tel - (62)3348-6187

dioceserumo@hotmail.com

Rua João Paulo II, Q. 08, L. 06 St Camões 

76700-000 Mozarlândia/GO