google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440 Anúncio das solenidades móveis | Diocese de Rubiataba

© 2014 por PASCOM RuMo. Resiolli/WIX.com

Tel - (62)3348-6187

dioceserumo@hotmail.com

Rua João Paulo II, Q. 08, L. 06 St Camões 

76700-000 Mozarlândia/GO

Rubiataba-Mozarlândia

Anúncio das solenidades móveis

07/01/2018

A liturgia deste Domingo leva-nos à manifestação de Jesus como “a luz” que atrai a si todos os povos da terra. Essa “luz” encarnou na nossa história, a fim de iluminar os caminhos dos homens com uma proposta de salvação e libertação.

 

Celebramos o Domingo da Epifania, palavra que quer dizer manifestação ou revelação do mistério de Deus. Ao longo da história da salvação - o plano amoroso de Deus que prepara a humanidade para a salvação em Cristo - o Senhor vai aos poucos se revelando ao povo de Israel, convidando-o e conduzindo-o para uma profunda experiência de aliança. Nessa caminhada, de muitos Deus falou antes pelos nossos primeiros pais e pelos profetas, mas foi desejo de Seu coração misericordioso, na plenitude dos tempos, nos falar pelo seu próprio Filho (Hb 1,1).  Desse modo, agora, no presépio, Ele se revela no rosto simples do Menino adorado pelos magos. 

 

Nesta solenidade da Epifania do Senhor, conforme um antigo costume, se faz o "Anúncio das solenidades móveis" do ano. Isso porque há datas que caem sempre no mesmo dia, como Natal, por exemplo, sempre no dia 25 de dezembro. Outras solenidades dependem da data da Páscoa, que é móvel, a cada ano cai em um dia diferente. Por isso não há uma data fixa para celebrações como cinzas, paixão, pentecoste, ou corpus Christi. 

 

O anúncio das solenidades pode ser feito dentro da celebração da Santa Missa, após a proclamação do Evangelho ou ao final da Liturgia. 

 

Anúncio das Solenidades Móveis de 2018

 

Irmãos caríssimos, a glória do Senhor manifestou-se, e sempre há de manifestar-se no meio de nós, até a sua vinda no fim dos tempos. Nos ritmos e nas vicissitudes do tempo, recordamos e vivemos os mistérios da salvação.


O centro de todo o Ano Litúrgico é o Tríduo do Senhor crucificado, sepultado e ressuscitado, que culminará no Domingo de Páscoa, este ano em 01 de abril.


Em cada domingo, Páscoa semanal, a Santa Igreja torna presente este grande acontecimento, no qual Jesus Cristo venceu o pecado e a morte.
Da celebração da Páscoa do Senhor derivam todas as celebrações do Ano Litúrgico:


-as cinzas, início da Quaresma, em 14 de fevereiro;
-a Ascensão do Senhor, em 13 de maio;
-o Pentecostes, em 20 de maio;
-o 1º Domingo do Advento, em 02 de dezembro.


Também as festas da Santa Mãe de Deus, dos Apóstolos, dos Santos, e na comemoração dos Fiéis Defuntos, a Igreja peregrina sobre a terra proclama a Páscoa do Senhor.
A Cristo que era, que é e que há de vir, Senhor do tempo e da história, louvor e glória pelos séculos dos séculos. Amém
.

Please reload

October 29, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags