google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440
 

Rubiataba-Mozarlândia

Diocese de

Ministério de Acólito e renovação das Irmãs Diocesanas marcam primeira celebração do ano.


No dia 01 de janeiro, solenidade de Maria Mãe de Deus, Dom Adair José Guimarães, bispo diocesano, presidiu a Santa Missa no Santuário Diocesano Mãe de Deus. Na oportunidade foi conferido o ministério de Acólito ao Seminarista Lucas Henrique e as Irmãs da Fraternidade Diocesana Mãe de Deus renovaram seus compromissos religiosos.


A celebração foi marcada pela simplicidade, própria de Nossa Senhora. Dom Adair destacou o valor histórico da festa litúrgica da Mãe de Deus, dogma mariano instituído no Concílio de Éfeso, no ano 431. Dirigindo-se aos seminaristas, o bispo lembrou que o sacerdote precisa viver três amores: o altar, o confessionário e o rosário. Desse modo o seminarista pode encontrar a fonte na qual fortalece sua vocação.


Ao seminarista Lucas Henrique Dom Adair conferiu o ministério de Acólito. O ministério do Acolitato é conferido aos que se preparam para a ordenação e está intimamente ligado a Santíssima Eucaristia. O acólito pode preparar o altar, distribuir a Eucaristia, expor o Santíssimo Sacramento (sem dar a benção) e levar comunhão aos enfermos.


Ao acolher a renovação dos votos das Irmãs Diocesanas e a consagração de três fiéis leigas lembrou ainda que quem se consagra a Maria, seja na consagração laica ou na vida religiosa precisa imitar sempre o silêncio e a obediência à Virgem Santa e fazer em tudo a vontade do senhor.