google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440 A porta do coração de Deus nunca se fecha - Encerramento do Ano Santo | Diocese de Rubiataba

© 2014 por PASCOM RuMo. Resiolli/WIX.com

Tel - (62)3348-6187

dioceserumo@hotmail.com

Rua João Paulo II, Q. 08, L. 06 St Camões 

76700-000 Mozarlândia/GO

Rubiataba-Mozarlândia

A porta do coração de Deus nunca se fecha - Encerramento do Ano Santo

25/11/2016

A Diocese de Rubiataba-Mozarlândia concluiu nesta terça-feira, 22 de novembro, o Ano Santo da Misericórdia. O encerramento aconteceu durante a reunião do Clero e contou com numerosa participação dos fiéis que lotaram a Catedral de Nossa Senhora da Glória para participarem da celebração solene presidida pelo bispo diocesano Dom Adair José Guimarães.

 

  

Santuário Mãe de Deus

Também na segunda-feira, 21 de novembro, Dom Adair fechou a Porta Santa no Santuário Diocesano Mãe de Deus (Pedrona). A Santa Missa foi celebrada juntamente com os internos da Comunidade Terapêutica Vida Nova e concelebrada por todo clero.

 

Nas foranias, onde a Porta da Misericórdia também foi aberta, foi delegado aos párocos o encerramento do Ano Santo e fechamento da Porta.

 

Deus é rico em misericórdia

Ao se concluir o rito de fechamento da Porta Santa permanece aberta em nós a fonte inesgotável da graça e da misericórdia brotada no mistério pascal do Senhor Jesus, que sempre se renova na celebração dos sacramentos. Com jubilosa gratidão pelos benefícios recebidos no Ano Jubilar, aproximamo-nos com fé à Mesa da Palavra e do Pão da vida para seguir o caminho de vida e de santidade no seguimento de nosso Rei e Senhor Jesus Cristo. A Porta da Misericórdia sempre permanecerá aberta, pois o coração de Deus é misericordioso.

 

Ao fechar a Porta Santa – escreve o Papa na Bula de convocação deste Ano Jubilar – “irão nos animar, antes de tudo, sentimentos de gratidão e agradecimento à Santíssima Trindade por nos ter concedido este tempo extraordinário de graça. Confiaremos a vida da Igreja, a humanidade inteira e o universo imenso à Realeza de Cristo, para que derrame a sua misericórdia, como o orvalho da manhã, para a construção de uma história fecunda com o compromisso de todos no futuro próximo. Quanto desejo que os anos futuros sejam permeados de misericórdia para ir ao encontro de todas as pessoas levando-lhes a bondade e a ternura de Deus! A todos, fiéis e afastados, possa chegar o bálsamo da misericórdia como sinal do Reino de Deus já presente no meio de nós”.

 

 

Porta sempre aberta

O Coração de Deus é uma Porta sempre aberta pela qual podemos ter acesso à Misericórdia do Pai que “se estende de geração em geração”. Ao longo deste Ano Santo fomos convidados a olhar para Cristo, o rosto da misericórdia do Pai e nos rendermos ao seu amor infinito que vai atrás do que está perdido. Agora, ao encerrarmos este Ano da Misericórdia, a Porta Santa foi fechada, mas pela ação do Santo Espírito de Deus, ela se abre agora em nossos corações: sejamos misericordiosos como nosso Pai celeste é misericordioso.

Please reload

October 29, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags