google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440
 

Rubiataba-Mozarlândia

Diocese de

Eucaristia fonte de misericórdia - Encontro de Ministros extraordinários da Eucaristia

A Forania Nossa Senhora da Guia, que compreende as cidades de Araguapaz, Aruanã, Faina e Matrinchã, realizou no dia 06 de novembro um retiro para os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística. O encontro aconteceu na Paróquia Nossa Senhora da Guia e teve como tema “Eucaristia fonte de misericórdia”.


Sob a responsabilidade do Padre Edijael Alves, vigário forâneo, o dia de espiritualidade contou com a participação de mais de 60 ministros das diversas paróquias.

Os ministérios na vida da Igreja

Ministério (do Latim, ministerium): ofício próprio dos servos, função servil, serviço. Toda Igreja é ministerial já que a cada um Deus confere dons para que possa colocá-los a serviço da comunidade (Rm 12,4-5) e, todos são obra do Espírito Santo (1Cor 12,11) em vista da unidade do Corpo de Cristo (Ef 4,4-6).


Com a expansão da Igreja, os apóstolos se deram conta que não podiam levar a missão sozinhos – escolhem candidatos para o ministério (At 1,15; 2,1).


O sacerdote é por excelência o Ministro da Eucaristia e cabe a ele a distribuição da comunhão. Em 1969, pela Instrução Imensae Charitatis e pelo Motu Próprio de Paulo VI Ministeria Quedam foi permitido ao acólito (estudante que se prepara para a ordenação) distribuir a Sagrada Comunhão como ministro extraordinário e a partir de então aos ministros leigos também.


O que é o Ministério extraordinário da comunhão

Trata-se de um serviço litúrgico que responde a necessidades objetivas dos fiéis, destinado sobretudo aos enfermos e às assembleias litúrgicas nas quais são particularmente numerosos os fiéis que desejam receber a sagrada comunhão.