google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440 Após atentados, arcebispo de Lahore exorta: “Sigamos em frente carregando a cruz” | Diocese de Rubiataba

© 2014 por PASCOM RuMo. Resiolli/WIX.com

Tel - (62)3348-6187

dioceserumo@hotmail.com

Rua João Paulo II, Q. 08, L. 06 St Camões 

76700-000 Mozarlândia/GO

Rubiataba-Mozarlândia

Após atentados, arcebispo de Lahore exorta: “Sigamos em frente carregando a cruz”

31/03/2016

“Visitei cada vítima de qualquer que fosse a fé. Foi muito difícil, porque eu vi muitas crianças de meros 4 ou 5 anos, cristãs e muçulmanas, feridas ou mortas por causa deste ataque terrível”, declarou dom Sebastian Francis Shah, arcebispo de Lahore, no Paquistão, com exclusividade para a fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS). O ataque terrorista tinha acontecido neste domingo de Páscoa em um parque na capital da província do Punjab, em torno às 18h30 do horário local.

 

O prelado visitou o hospital em que estão alguns dos mais de 300 feridos e alguns familiares das 72 vítimas fatais – entre as quais, 30 crianças.

 

Dom Shah confirma que, para a comunidade cristã do Paquistão, é costume nos dias festivos, como Páscoa e Natal, fazer um passeio em um parque depois da missa e do almoço com a família.

 

“Após o atentado do ano passado contra duas igrejas cristãs no bairro de Youhanabad, temíamos outros ataques e por isso o governo tinha nos fornecido todas as medidas de segurança para proteger as igrejas, mas ninguém tinha pensado no parque”.

 

Na tarde do Sábado Santo, as autoridades locais organizaram uma reunião para definir as medidas necessárias de segurança. Dom Shah considera plausível que a comunidade cristã fosse o alvo dos ataques (como declarou o próprio porta-voz do grupo terrorista que o cometeu), mas salienta que entre as vítimas há também muitos muçulmanos. O prelado ofereceu conforto e consolo também a eles.

 

“Pedi aos fiéis para não perderem a esperança, porque, mesmo em uma hora de grande dificuldade, temos que aprender a nos levantar como Cristo se levantou quando estava carregando a cruz. Deus está e sempre estará conosco”, acrescentou o arcebispo.

 

O ex-diretor da Comissão Justiça e Paz do Paquistão, Peter Jacob, afirmou à AIS, por telefone de Lahore,  que “os terroristas tentaram fazer o maior número possível de vítimas, atingindo especialmente a comunidade cristã”.

 

Jacob observa que aumentou o compromisso do exército e do governo paquistanês no combate ao terrorismo e não descarta que a escolha do Parque Gulshan-i-Iqbal, próximo da casa do primeiro-ministro Nawaz Sharif, pode representar uma mensagem para ele.

 

O ataque também pode estar ligado às graves tensões que se seguiram à recente execução de Mumtaz Qadri, que, em 2011, matou o governador do Punjab, Salmaan Taseer, que tinha criticado a famigerada lei paquistanesa antiblasfêmia. Qadri foi considerado por muitos um herói por ter “matado um blasfemador” e sua execução gerou grandes protestos. “Não podemos descartar essa ligação, porque entre manifestantes e terroristas existe certo vínculo ideológico”, afirma Jacob.

Tags:

Please reload

October 29, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Tags