google-site-verification=t0RqaUFOILcT8EBxg1NEFiP7WVYlBg00uilQ2klT440
 

Uma história do Amor de Deus por nós!

 

A Prelazia de Rubiataba (11/10/1966 – 16/10/1979) é um dos primeiros frutos do Concílio Vaticano II que sinalizou um novo dinamismo para a Igreja de Nosso Senhor Jesus e a impulsionou a enfrentar os desafios, as mudanças e exigências dos tempos modernos. O Papa Paulo VI, ao acolher as decisões e propostas do Concílio, assumiu o desafio de oxigenar as estruturas e a ação da Igreja com o sopro do Espírito Santo e vislumbrou a necessidade de um novo envio de dioceses da Europa e de grandes congregações e ordens religiosas para o alargamento das fronteiras e da missão da Igreja. Assim, ele concebeu o projeto de criar novas circunscrições eclesiásticas nos países e continentes em desenvolvimento, especialmente na América Latina. Desse seu projeto impulsionado pelo Concílio criou, aos 11/10/1966 algumas dioceses e prelazias no interior do Estado de Goiás (então Goiás e Tocantins), dentre elas a Prelazia de Rubiataba, com a Bula Pontifícia De animorum utilitate

Para a implantação da Prelazia o Papa convocou e enviou a Congregação do Santíssimo Redentor e nomeou seu primeiro bispo prelado o superior vice-provincial da Vice-Província Redentorista de Brasília, Pe. Juvenal Roriz, goiano da Cidade de Goiás. 

Dom Juvenal Roriz com o Papa Paulo VI em

O Pe. Juvenal Roriz escolheu para missão episcopal o lema Roris aspersione, “uma chuva de bênçãos”! E assim caracterizou a implantação da Prelazia, uma chuva de bênçãos: o carisma do bispo, sua alegria de viver e ser padre, a mística do pastoreio, o espírito desbravador, sua interação com diversas congregações missionárias, seu modo de viver muito próximo do rebanho: trazia consigo o cheiro das ovelhas. Um verdadeiro missionário sedutor: a seu convite muitos religiosos e religiosas aqui chegaram e “arregaçaram as mangas”, e a evangelização chegou e se renovou em nossos sertões como “uma chuva de bênçãos”. Destacamos as seguintes congregações: Irmãs de São José de Chambery, para Rubiataba, Bragolândia e Bandeirantes. Irmãs de Santa Doroteia para Waldelândia e Morro Agudo, Irmãs da Consolata para Auriverde, Irmãs da Providência de Gap para Araunã e Matrinchã, Irmãs Missionárias da Ação Paroquial para Araguapaz, Irmãs Médicas Missionárias para Faina, Irmãs Missionárias de Cristo para Nova America, Irmãs Franciscanas da Ação Pastoral, para Mundo Novo, Irmãos Maristas para Aruanã e Irmãos Lassalistas para Rubiataba. Os padres redentoristas, de início 03, em poucos anos chegaram ao número de 13, vindos da Vice-Província de Brasília, Província de São Paulo e Província de Passo Fundo-RS. 

Nos 13 anos de sua missão “Roris aspersione”  Dom Roriz dotou a Prelazia de um dedicado quadro de padres e missionários e de infraestrutura de centros comunitários, Igrejas, Capelas e Ambulatórios, bem como sistema de comunicação e transporte e, em 1976, enviou os primeiros jovens ao Seminário. Aos 07/12/1977 fundou o Instituto Missionário Mãe de Deus e em 31/01/1978 o Seminário Menor Mãe de Deus. Em 1978 foi transferido para a Arquidiocese de Juiz de Fora-MG. 

Dom Juvenal Roriz e o Papa Paulo VI
Primeiras equipes de agentes pastorais c
Primeira equipe de agentes pastorais com Dom Roriz

Aos 25/11/1979 a Igreja nos enviou o nosso segundo Bispo, o redentorista Pe. José Carlos de Oliveira, então superior provincial da Província Redentorista de São Paulo. Naquele mesmo ano de 1979, a 18 de abril, pelo Decreto Cum Urbis vulgo Mozarlândia, a Santa Sé alterou nossa configuração de Prelazia de Rubiataba para Prelazia de Rubiataba–Mozarlândia, dotando nossa Igreja de uma segunda sede em Mozarlândia e elevando a Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Mozarlândia, ao status de Co-Catedral.  Aos 16/10/1979, pela Bula Cum Praelatura, do Papa João Paulo II a Prelazia foi elevada a Diocese de Rubiataba-Mozarlândia.  

ORDENAÇÃO EPISCOPAL DE DOM CARLOS - Na f
Ordenação Episcopal de Dom José Carlos de Oliveira

Dom José Carlos de Oliveira escolheu para seu lema “In Verbo Tuo”: “ Na tua Palavra eu vou” e, imbuído de extraordinária mística do pastoreio,  continuou a missão já iniciada dedicando-se com mais afinco ao trabalho das vocações fortalecendo o Seminário menor e unindo-se aos bispos do Centro-Oeste na fundação do Seminário Maior São João Vianney em Goiânia. Em 1982 ordenou o primeiro sacerdote filho da diocese, Pe. Joaquim José Neto e em 1986 ordenou mais três sacerdotes, Pe. José Modesto Arriel, Pe. Vanildo Fernandes da Mota e Pe. Eugenio Marques Neto. O trabalho vocacional foi se aprofundando, de tal modo que, como marco histórico, em 1997 já o número de sacerdotes diocesanos superou o número dos religiosos redentoristas na diocese. E em 2003 atingimos nossa maioridade eclesial com todos os padres, em número de 18 diocesanos servindo em todas as paróquias. Em 2008, Dom José Carlos de Oliveira completou 75 anos e, conforme a Lei Canônica, entregou o báculo à Santa Sé e, desde 2008 é nosso Bispo Emérito, residindo atualmente no Convento Redentorista de Aparecida do Norte-SP e rezando por nós todos os dias no Santuário Nacional. 

INSTALAÇÃO DA DIOCESE RU-MO PRESENTIDA P
1980 - Instalação Canônica da Diocese de Rubiataba-Mozarlândia 
DSC01730.JPG

Aos 17/05/2008 é sagrado o terceiro Bispo da diocese, Dom Adair José Guimarães, sacerdote do clero da Diocese de Uruaçu-GO.  Dom Adair José Guimarães escolheu como lema do seu espiscopado “Fiat voluntas tua”: “Faça-se a tua vontade” e, com seu carisma vem se dedicando à preservação e manutenção dos recursos humanos espirituais e materiais herdados, à formação continuada dos sacerdotes, religiosas e agentes leigos, à formação de novos padres e à estruturação canônica da diocese. 

A partir de janeiro de 2010 Dom Adair passou a residir na Casa Paroquial de Mozarlândia, enquanto construía nova residência e Cúria no centro geográfico da diocese e, em janeiro de 2011, inaugurou o edifício da Cúria Diocesana em Mozarlândia que modestamente abriga também a residência episcopal. 

Dom Adair, em fevereiro de 2018 é nomeado bispo de Formosa e, dessa forma, a Diocese entra em período de vacância, sendo administrada pelo Monsenhor Vanildo Fernandes da Mota. 

Dom Adair toma posse como 3º Bispo

No dia 23 de novembro de 2020, em cumprimento a Palavra de Deus "dar-vos-ei pastores segundo meu coração", é nomeado o Pe. Francisco Agamenilton Damascena, do clero da Diocese de Uruaçu como 4º bispo. Tendo sido ordenado no dia 06 de dezembro, tomou posse a 19 de dezembro e escolheu como lema "Para que todos tenham vida" Jo 10,10.

 

WhatsApp Image 2020-12-22 at 18.29.57.jp
Dom Agamenilton toma posse na Catedral Diocesana em meio aos protocolos da Vigilância Sanitária em função da pandemia da Covid-19
Texto: Padre Joaquim José Neto. 
Complemento: Padre Renato Oliveira